Câmara realiza Audiência Pública e debate Educação no Município

por André Estevam publicado 13/03/2015 14h06, última modificação 13/03/2015 14h06
Vereadores, Secretário da Educação e Diretores de escolas estiveram reunidos para discussão de indicadores educacionais e para identificar os problemas relacionados a eles.

Os vereadores Professor Anselmo, Marquinhos Osti, Lourival dos Gêmeos, Jânio da São Carlos e Zé Carioca através de requerimento apresentado em sessões solicitaram Audiência Pública com o Secretário da Educação Professor João Marques juntamente com os diretores e coordenadores das Escolas Municipais. A Reunião aconteceu terça-feira (10) no plenário municipal. O Professor Anselmo disse que o intuito da Audiência foi à discussão de assuntos importantes sobre a educação municipal. Ele elencou algumas questões. “São alguns questionamentos que gostaríamos de saber. Sobre o concurso para diretores, ira mesmo acontecer? Os professores passarão a ser ouvidos? Está havendo algum estímulo para os alunos que se destacam em sala de aula no aprendizado? Existe algum trabalho sócio educacional nas creches? Acho que deveríamos estimular mais a participação da família na educação! Qual é a real situação da Educação em Guariba? Quais são os índices de avaliação externa? Enfim são alguns questionamentos que gostaríamos de discutir”, explica o vereador. Para exemplificar o salário dos professores fez uma comparação com o salário de uma babá, disse: “prestem atenção, uma baba ganha R$ 4,00 por hora para cuidar de uma criança, nós professores cuidamos de 30 e ganhamos R$ 0.40 (quarenta centavos) por criança, sendo que, nossa responsabilidade é de colaborar com a educação e o aprendizado destas crianças e na maioria das vezes não podemos exercer nossa autoridade profissional, portanto devemos restabelecer a ordem e a autoridade dentro das escolas para que tenhamos progresso com a educação”.

Após os questionamentos a palavra foi franqueada ao Secretário João Marques. Primeiramente ele afirmou que existem embates entre a secretaria e os professores e diretores, “nós temos dado ouvidos sim, e quando entendemos que são importantes implementamos”. João também comentou sobre a alfabetização nas creches municipais. “Nós iniciamos com professores trabalhando no berçário com as crianças desde o ano passado e estamos ampliando a carga horária da educação infantil, acredito que em curto prazo estaremos colhendo bons frutos”, explica.

O Secretário diz ainda que por Lei em um futuro bem próximo, os pais terão que matricular seus filhos a partir dos quatro anos de idade, para iniciar a alfabetização, disse também que hoje existe uma dificuldade na participação dos pais, “por diversos motivos, e temos de aumentar a convivência dos pais com seus filhos”. Ele pontuou outras questões importantes relacionadas à educação do município, como a necessidade da realização de um Plano Municipal de Educação.

O Secretário apresentou números relacionados à Educação de Guariba elencando os dados através dos indicadores IDEB e IDESP. Além de apresentado, o Secretário exemplificou os números e os responsáveis realizaram uma discussão em relação ao que foi apresentado no intuito de encontrar soluções para que se tenham melhores índices de avaliação e aprendizagem. Anselmo também solicitou dados mais aprofundados relacionados a cada uma das Escolas, “precisamos saber onde estão os problemas, para saber onde agir. Tanto os pais como nós vereadores, diretores e professores devemos saber qual o andamento de cada uma das escolas”. O secretário rebateu afirmando que cada uma das EMEBS tem as indicações de sua determinada unidade escolar.

Outro tema discutido foi à questão do material didático implantado na rede. Segundo o que foi informado na reunião, nos últimos cinco anos foram utilizados três métodos diferentes entre apostilas e livros didáticos, e Anselmo garantiu que não concorda com a constante troca do material, o Secretário João Marques disse que a preocupação maior da não continuidade do método implantado acarreta riscos.

Após a apresentação dos números Anselmo reafirmou a necessidade da mobilização de todos pela educação. “Deve haver uma colaboração entre professores, poderes constituídos, pais, alunos, enfim de todos os envolvidos para avaliarmos a educação e nos posicionarmos. Uma Audiência como esta serve para reforçamos a educação e buscarmos soluções para melhorarmos. Precisamos discutir seriamente estes números”.

Outro ponto importante da reunião foi o questionamento dos vereadores quanto às atitudes que serão tomadas para o aumento das metas da educação. O Secretário disse que primeiramente “deveremos vencer os indicadores. Em algumas escolas do município não é necessário muito esforço dos docentes para conseguirmos melhorar, já em outras unidades, o esforço tem que ser maior. As ações devem ser pontuais, às vezes o “remédio” que utilizamos em uma unidade, não é o mesmo para outra”. O vereador professor Anselmo demonstrou enorme tristeza e decepção com o aproveitamento dos alunos dos últimos anos escolares em determinadas disciplina, “pois o aproveitamento está em 10% e 24% dos alunos que aprendem razoavelmente. Precisamos abrir a caixa preta que é a educação para sabermos de fato como atuar contra os problemas, pois, para termos a solução todos deverão participar.

As diretoras presentes, também discutiram o assunto e apresentaram suas opiniões em relação ao que foi exibido. Finalizando o Presidente da Câmara vereador e Professor Marquinhos Osti voltou a frisar o que disse em outras oportunidades. “A educação só tem conserto a partir do dia que for autônoma, enquanto ela depender de governantes nós teremos este problema de mudança de material, pois, cada administração tem sua peculiaridade tem sua prioridade. Eu sou professor e em determinados momentos era ‘jogado’ para nós o sistema de ensino. Estes índices podem ter certeza que é fruto desta insegurança dos professores em não ter um currículo certo a se seguir. Precisamos elaborar dentro do Plano Municipal de Educação, elaborarmos uma Lei dizendo que é necessário que se siga um currículo”.

Neste momento o professor Anselmo interrompeu e lembro que "nos últimos seis anos não houve troca de governo em nossa cidade, estamos colhendo os frutos da continuidade".

Os vereadores afirmaram que a reunião foi importante para elucidar e entender um pouco melhor a situação da educação no município e após este primeiro encontro, tanto o secretário e os Professores quanto os vereadores posteriormente estarão realizando outros encontros para melhor discussão e avaliação da educação municipal em Guariba.

 

André Estevam – Assessoria de Comunicação – Câmara do Município de Guariba

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.